Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas notícias > Canadenses chegam ao IFSul para gravar terceiro módulo dos cursos do e-Tec Idiomas
Início do conteúdo da página
IFSul - Campus Bagé

Canadenses chegam ao IFSul para gravar terceiro módulo dos cursos do e-Tec Idiomas

Grupo da Camosun College passará toda a semana gravando áudios que compõem material didático do curso

  • Escrito por Coordenadoria de Comunicação Social
  • Publicado: Terça, 06 de Outubro de 2015, 10h11
  • Última atualização em Terça, 06 de Outubro de 2015, 10h11
  • Acessos: 61

 

Quem estuda idiomas sabe da importância de treinar a habilidade auditiva com o acento de falantes nativos da língua. Sabendo disso, é a terceira vez que o IFSul, através da parceria com a Camosun College, do Canadá, viabiliza a vinda dos colegas canadenses para a gravação dos vídeos que compõem o material didático dos cursos do e-Tec Idiomas. Nesta segunda-feira (05), cinco professores da Camosun chegaram ao campus Pelotas, onde gravarão, até sexta-feira, os áudios dos 18 novos episódios do terceiro módulo do curso.

Em uma parceria que já se estende por três edições do curso, os membros da equipe canadense vêm ao instituto de forma voluntária para realizar as gravações. Para Mavis Smith, que também participou deste trabalho em outubro do ano passado, a parceria estabelecida entre as duas instituições têm sido muito construtiva. Bruce McCormack complementa, ainda, que a concepção do material didático é o que mais motiva a equipe a realizar este trabalho. “O curso não é concebido em capítulos isolados, mas em formato de história. Isso ajuda a engajar os alunos ao processo de aprendizagem”, destaca.

Inteiramente baseado em situações cotidianas vividas pelas personagens, os cursos do e-Tec Idiomas têm os roteiros criados pela Coordenadoria de Produção de Tecnologias Educacionais (CPTE) do IFSul. Hector Gomes, um dos responsáveis pela elaboração das histórias, explica que, neste primeiro dia de encontro presencial com os canadenses, são passadas todas as informações que possam auxiliar a equipe a construir as identidades e as vozes de cada personagem.

Ministrados na modalidade a distância, os cursos do e-Tec, ofertados pelo Núcleo de Idiomas do IFSul e por outros Institutos Federais, têm duração de 20 semanas e possuem carga horária de 200 horas. De acordo com a diretora de Assuntos Internacionais do IFSul, Lia Pachalski, a produção do terceiro módulo será finalizada no início de 2016 e também estará disponível, junto com as outras edições dos cursos de inglês e espanhol, a toda Rede Federal. Parceria existente desde 2010, a relação entre o IFSul e a Camosun College, além da construção do material didático do e-Tec, também possibilitou a realização de cursos e outras ações de internacionalização, como mobilidade de alunos e docentes e cursos para gestores na área de desenvolvimento estratégico.

Ampliação das ações de internacionalização

Durante esta semana, o pró-reitor de Desenvolvimento Institucional da Camosun College, Thomas Roemer, também cumpre agenda no IFSul. Ele, que já conhece onze dos quatorze campi do instituto, passará pelas unidades do IFSul em Santana do Livramento e Pelotas, além do campus Bagé, onde fará uma visita. Em Santana do Livramento, o gestor canadense ministrará uma palestra aberta a alunos e professores do campus sobre as relações escola-indústria e cultura canadense. No campus Pelotas, Tom tratará de um termo aditivo ao convênio para facilitar a mobilidade docente entre a instituição canadense e o curso de engenharia elétrica do campus.

Fim do conteúdo da página